sicnot

Perfil

Mundo

Secretário da Defesa dos EUA assegura que a NATO se mantém "base fundamental" 

© Yuri Gripas / Reuters

O secretário norte-americano da Defesa, James Mattis, assegurou hoje que a NATO continua a ser uma "base fundamental" para os EUA e sublinhou o "forte apoio" do Presidente Donald Trump à Aliança Atlântica.

"A Aliança mantem-se uma base fundamental para os EUA e para todos os membros da Aliança", afirmou James Mattis, numa declaração aos jornalistas, à chegada à sede da NATO, em Bruxelas, para participar na cimeira de ministros da Defesa.

James Mattis sublinhou que o presidente norte-americano, Donald Trump, manifestou "um forte apoio" à NATO, organização que está "num processo de adaptação aos desafios de segurança", num ritmo cada vez mais rápido.

Afirmando ver a NATO como a sua "segunda casa", James Mattis referiu-se depois ao tema da partilha de custos, um dos assuntos na agenda da reunião, considerando que é "uma reivindicação justa" defender que todos os aliados paguem a sua parte dos custos.

"É apropriado dizer, tal como um ministro da Defesa europeu disse na semana passada, que é uma reivindicação justa que todos os que beneficiam da melhor defesa no mundo assegurem a sua parte proporcional dos necessários custos para defender a liberdade", disse.

James Mattis, que falava ao lado do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, manifestou-se confiante que a Aliança Atlântica irá "mais uma vez conseguir reagir às mudanças", sublinhando a ideia de "união" entre os países membros.

O secretário da Defesa dos EUA disse que estará na reunião "de forma aberta" para ouvir os seus colegas da Defesa sobre o futuro da organização e sobre "o nível de compromisso" que cada um quer assumir.

Antes, também numa declaração à entrada para a reunião, Jens Stoltenberg deu as boas-vindas ao chefe do Pentágono e considerou que a Organização do Tratado do Atlântico Norte enfrenta "tempos cruciais".

"Uma NATO forte é boa para a Europa e uma Europa forte é boa para os EUA", defendeu, reiterando que "o compromisso" norte-americano para com "o laço transatlântico" é visível não apenas em palavras, mas também em ações.

"Tropas dos EUA estão a chegar à Polónia e aos países bálticos, o que representa uma demonstração clara de que os EUA estão com a Europa nestes tempos difíceis", disse.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.