sicnot

Perfil

Mundo

Secretário da Defesa dos EUA assegura que a NATO se mantém "base fundamental" 

© Yuri Gripas / Reuters

O secretário norte-americano da Defesa, James Mattis, assegurou hoje que a NATO continua a ser uma "base fundamental" para os EUA e sublinhou o "forte apoio" do Presidente Donald Trump à Aliança Atlântica.

"A Aliança mantem-se uma base fundamental para os EUA e para todos os membros da Aliança", afirmou James Mattis, numa declaração aos jornalistas, à chegada à sede da NATO, em Bruxelas, para participar na cimeira de ministros da Defesa.

James Mattis sublinhou que o presidente norte-americano, Donald Trump, manifestou "um forte apoio" à NATO, organização que está "num processo de adaptação aos desafios de segurança", num ritmo cada vez mais rápido.

Afirmando ver a NATO como a sua "segunda casa", James Mattis referiu-se depois ao tema da partilha de custos, um dos assuntos na agenda da reunião, considerando que é "uma reivindicação justa" defender que todos os aliados paguem a sua parte dos custos.

"É apropriado dizer, tal como um ministro da Defesa europeu disse na semana passada, que é uma reivindicação justa que todos os que beneficiam da melhor defesa no mundo assegurem a sua parte proporcional dos necessários custos para defender a liberdade", disse.

James Mattis, que falava ao lado do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, manifestou-se confiante que a Aliança Atlântica irá "mais uma vez conseguir reagir às mudanças", sublinhando a ideia de "união" entre os países membros.

O secretário da Defesa dos EUA disse que estará na reunião "de forma aberta" para ouvir os seus colegas da Defesa sobre o futuro da organização e sobre "o nível de compromisso" que cada um quer assumir.

Antes, também numa declaração à entrada para a reunião, Jens Stoltenberg deu as boas-vindas ao chefe do Pentágono e considerou que a Organização do Tratado do Atlântico Norte enfrenta "tempos cruciais".

"Uma NATO forte é boa para a Europa e uma Europa forte é boa para os EUA", defendeu, reiterando que "o compromisso" norte-americano para com "o laço transatlântico" é visível não apenas em palavras, mas também em ações.

"Tropas dos EUA estão a chegar à Polónia e aos países bálticos, o que representa uma demonstração clara de que os EUA estão com a Europa nestes tempos difíceis", disse.

Lusa

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • Coreia do Norte acusa Guterres de ser subordinado dos EUA

    Mundo

    A Coreia do Norte criticou esta quinta-feira o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, por apoiar sanções para pressionar o país a entrar em negociações com os Estados Unidos sobre a desnuclearização, referindo que tem atuado como um subordinado.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00
  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC