sicnot

Perfil

Mundo

Atentado em Bagdade faz pelo menos 52 mortos 

Pelo menos 52 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas hoje num atentado com um carro armadilhado na zona sudeste da capital do Iraque, Bagdad, um dos mais mortíferos de 2017, informou a polícia local.

A agência de propaganda Aamaq, com ligação ao grupo jihadista Daesh, que tem reivindicado a maioria dos recentes ataques, noticiou o ataque e disse que teve como alvo "uma concentração de xiitas".

O veículo explodiu dentro de um concessionário de automóveis no bairro de Bayaa e provocou danos materiais, tanto nos edifícios em redor como em vários carros, no mais grave atentado em Bagdad dos últimos seis meses.

A fonte policial acrescentou que as forças de segurança iraquianas conseguiram hoje desativar explosivos que se encontravam num carro estacionado numa garagem no bairro de Sadr City, uma área bastante populosa de maioria xiita localizada na zona leste de Bagdad.

Na terça-feira, um outro veículo explodiu no bairro de Bayaa, provocando a morte de três pessoas e ferimentos em outras 10.

Este novo atentado acontece dois dias depois de milhares de pessoas se terem manifestado no centro de Bagdad por causa da morte de vários civis em confrontos com as forças de segurança iraquianas.

No sábado passado, vários manifestantes, a maioria apoiante do movimento do líder radical xiita Moqtada al-Sadr, entraram em confronto com as forças policiais.

Desde o início do ano, Bagdade e outros locais no Iraque têm sido cenário frequente de vários atentados terroristas.

Ao mesmo tempo, o exército iraquiano e outras forças combatem o grupo extremista Daesh em Mossul, no norte do país.

Lusa


  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.