sicnot

Perfil

Mundo

Planeta-anão Ceres tem compostos orgânicos essenciais para a vida

© NASA NASA / Reuters

Compostos orgânicos de carbono, essenciais para a vida, foram detetados na superfície do planeta-anão Ceres, revela um estudo que a revista científica Science vai publicar na sexta-feira.

O material orgânico, ainda não identificado com exatidão, ter-se-á formado no interior do planeta-anão, o maior corpo celeste da cintura de asteroides do Sistema Solar, localizado entre as órbitas de Marte e Júpiter.

Investigadores usaram informação recolhida pelo espectrómetro (instrumento que mede os comprimentos de onda das componentes de um espetro de radiação eletromagnética) da sonda norte-americana Dawn para estudar a superfície de Ceres, perto da cratera Ernutet, no hemisfério norte do planeta-anão.

Ceres tem compostos orgânicos considerados "ingredientes-chave para a vida", além de amoníaco, gelo e carbonatos (sais inorgânicos), segundo um dos autores da investigação, Simone Marchi, do Southwest Research Institute, nos Estados Unidos, citado num comunicado da instituição.

O planeta, que ter-se-á formado há 4,5 mil milhões de anos, contém água gelada nas regiões que permanecem sempre obscuras, de acordo com um outro estudo, publicado em dezembro na revista Nature Astronomy.

A presença de água no planeta-anão, mas sob a forma de vapor, foi confirmada pela mesma sonda em março de 2015.A sonda Dawn, que se encontra na órbita de Ceres, foi lançada pela agência espacial norte-americana NASA em setembro de 2007.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28