sicnot

Perfil

Mundo

Trump anuncia Alexander Acosta para Secretário do Trabalho

© Carlos Barria / Reuters

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira o nome de Alexander Acosta para liderar o Departamento do Trabalho, que poderá assim, caso seja confirmado pelo Senado, tornar-se no primeiro hispânico da nova administração norte-americana.

Trump anunciou o nome de Acosta numa conferência de imprensa na Casa Branca.

Acosta, filho de imigrantes cubanos e ex-membro da Junta Nacional de Relações Laborais, não estava presente no momento do anúncio.

No entanto, o Presidente norte-americano disse que já tinha falado com ele e afirmou que Acosta será um "estupendo secretário do Trabalho".

Alexander Acosta substitui o anterior nomeado de Trump para o cargo, Andrew Puzder, que na quarta-feira retirou a sua candidatura após críticas vindas dos senadores republicanos e democratas devido ao seu historial empresarial e pessoal.

Puzder, de 66 anos, saiu da corrida ao cargo depois de os líderes republicanos do Senado terem recomendado à Casa Branca que retirasse a candidatura porque não tinham os votos necessários para aprovar a sua designação.

Natural de Miami (Florida), Acosta é licenciado em Direito e Economia pela Universidade de Harvard.

O novo candidato de Trump para o cargo de secretário do Trabalho foi membro da Junta Nacional de Relações Laborais, trabalhou como advogado na Divisão de Direitos Civis durante o Governo do antigo presidente George W. Bush.

Trump também aproveitou para recordar que o Senado confirmou hoje o nome de Mick Mulvaney como novo diretor do Gabinete de Orçamento da Casa Branca.

Lusa

  • Aviação russa matou mais de 11 mil pessoas na Síria

    Mundo

    Pelo menos 11.612 pessoas morreram na Síria em resultado dos bombardeamentos da aviação russa, aliada do Governo de Damasco, iniciados em 30 de setembro de 2015, de acordo com dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.