sicnot

Perfil

Mundo

Trump diz que a sua administração é uma máquina afinada à perfeição

© Kevin Lamarque / Reuters

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta quinta-feira que a sua administração funciona como uma "máquina afinada à perfeição", rejeitando assim notícias que a descrevem como um "caos" e citam fontes republicanas que falam em fricções internas.

Numa conferência de imprensa na Casa Branca, Trump procurou afastar a ideia de que o seu Governo - em funções há apenas quatro semanas e envolvido em múltiplas polémicas - funciona mal, com fricções na equipa, e tem feito pouco.

A imprensa norte-americana, especialmente o New York Times e a CNN, têm avançado notícias que dão conta de uma luta pelo poder entre a equipa de Trump, bem como faltas de comunicação entre os seus conselheiros e assessores.

"A minha equipa funciona como uma máquina afinada à perfeição", afirmou Trump em frente aos jornalistas, reiterando os ataques contra a imprensa, voltando a referir que se trata de "imprensa desonesta" que veicula "notícias falsas".

Trump disse que os 'media' norte-americanos servem grupos de "interesse especiais" e pessoas que lucram com "um sistema que obviamente está muito, muito errado".

"A imprensa tornou-se tão desonesta que se não falarmos disso, estaremos a prestar um tremendo mau serviço ao povo americano", frisou.Trump afirmou ainda que a única coisa que está a fazer é cumprir as suas "promessas de campanha", no sentido de "devolver o Governo ao povo", mas ressalvou que herdou uma "confusão" na Casa Branca.

"Para ser honesto, eu herdei uma confusão. É uma confusão. Internamente e no exterior. Uma confusão", disse Trump.

Lusa

  • Trump anuncia Alexander Acosta para Secretário do Trabalho

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira o nome de Alexander Acosta para liderar o Departamento do Trabalho, que poderá assim, caso seja confirmado pelo Senado, tornar-se no primeiro hispânico da nova administração norte-americana.

  • Ministro da Defesa considera "importante" pressão dos EUA
    0:29

    País

    Em declarações no final da reunião da NATO, em Bruxelas, Azeredo Lopes considerou "importante" a pressão dos EUA para com os restantes membros da organização. O novo secretário da Defesa norte-americana garantiu, ontem, que a administração Trump vai moderar o compromisso com a Aliança Atlântica caso os restantes membros não cumpram o objetivo de alocar pelo menos 2% do PIB para a defesa militar.

  • "Há um compromisso forte das elites norte-americanas com a NATO"
    4:05

    Mundo

    Daniel Pinéu considera que existe um forte compromisso das elites norte-americanas com a NATO, mas tem duvidas do verdadeiro comprometimento da administração Trump com a instituição. O especialista em assuntos internacionais entende que as declarações do secretário da Defesa, sobre a necessidade de serem cumpridos os 2% dos PIB destinados à defesa, significam um pedido de ajuda da Mattis para que, atingida essa percentagem, ainda seja possível mudar a visão da administração Trump em relação à NATO.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59