sicnot

Perfil

Mundo

Presidente das Filipinas recusa acusações sobre desvio de fundos públicos

© Ezra Acayan / Reuters

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, negou esta sexta-feira as afirmações do senador Antonio Trillantes que o acusou de esconder elevados montantes de "dinheiro negro" e prometeu demitir-se caso sejam apresentadas provas.

"Se Trillanes provar a acusação de que acumulei ilegalmente dois mil milhões de pesos (45 milhões de euros) ou se na minha conta bancária constar apenas um depósito de 500 milhões de pesos (9,3 milhões de euros) apresento a demissão imediatamente", afirma Duterte através de um comunicado.

O chefe de Estado diz também que Trillanes, um dos políticos mais críticos das Filipinas, deve recorrer aos tribunais e apresentar uma queixa acrescentando que o senador "deve deixar de abrir a boca porque não tem nada para dizer".

O senador Trillanes acusou na quinta-feira o presidente das Filipinas de desvio de dinheiros públicos, entre 2005 e 2006, que se encontram em contas bancárias "não declaradas" exigindo que o chefe de Estado deve mostrar "todo o historial bancário".

O senador divulgou documentos de registo das supostas contas bancárias de Duterte relativas ao período 2005/2006, quando o atual chefe de Estado filipino era presidente da Câmara de Davao, no sul do país.

Os três filhos do chefe de Estado e a atual mulher, Honeylet Avanceña, também constam das alegadas contas bancárias apresentadas por Trillanes.

O chefe de Estado afirmou que os documentos exibidos por Trillanes "só provam ignorância" sobre questões bancárias acrescentando que os registos dos depósitos em nome da mulher são completamente legais porque provêm da atividade de Honeylet Avanceña como empresária.

Na campanha a candidato à vice-presidência das Filipinas, em maio de 2016, Trillanes já tinha denunciado que Duterte tinha acumulado elevadas somas de dinheiro não declarado.

"Isto na verdade é um assunto antigo. Já respondi a esta acusação antes de eu ter sido nomeado como presidente", disse ainda Duterte sublinhando que não cometeu qualquer ato ilícito quando era candidato.

Lusa

  • Lesados do BES manifestam-se hoje no Porto 

    Queda do BES

    Um grupo de lesados pelo Banco Espírito Santo (BES) concentra-se hoje no Porto para exigir "bom senso" ao Governo, ao Banco de Portugal (BdP) e aos responsáveis do Novo Banco, refere um comunicado remetido às redações.A manifestação está marcada para as 11:00, nas imediações do balcão do Novo Banco e do Banco de Portugal, na Avenida dos Aliados, e a nota dirigida à imprensa é assinada por quase centena e meia de pessoas."

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Morre congressista republicano norte-americano acusado de assédio sexual

    Mundo

    O congressista estatal do Kentucky e pastor evangélico Dan Johnson morreu na quarta-feira, num aparente suicídio, dois dias depois de ser acusado de assédio sexual por uma mulher, disseram as autoridades. O médico legista do condado, Dave Billings, afirmou que a morte de Johnson foi causada por um único tiro, numa ponte de Mount Washinton, perto de Louisville, onde estacionou o automóvel.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28