sicnot

Perfil

Mundo

Espanha reforça segurança em caso de emergência nuclear em Almaraz

Governo e municípios espanhóis, incluindo Almaraz, assinaram esta quinta-feira um acordo para melhorar os protocolos de segurança em caso de emergência nuclear.

Os protocolos abrangem os concelhos situados na chamada zona I de emergência nuclear, isto é, a dez quilómetros de uma central nuclear.

O acordo prevê, entre outras medidas, apoio técnico às autoridades municipais, programas de informação à população, formação teórica e prática para técnicos adstritos à organização dos planos municipais de emergência nuclear e a realização de simulacros.

O memorando de entendimento foi assinado pelo subsecretário do Ministério do Interior, Luis Aguilera Ruiz, e pelo presidente da Associação de Municípios em Áreas de Centrais Nucleares, Salvador Honrubia.

A associação integra 63 concelhos situados num raio de dez quilómetros de uma central nuclear, que formam sete zonas de influência em relação aos reatores de Almaraz, Ascó, Cofrentes, Garoña, Trillo, Vandellós e Zorita e uma zona de influência sobre o armazém de resíduos de El Cabril.

O acordo hoje assinado estabelece as bases de cooperação entre a Direção-Geral de Proteção Civil e Emergências e a Associação de Municípios em Áreas de Centrais Nucleares e prevê a criação de uma comissão mista de acompanhamento, constituída por quatro representantes designados pelo Ministério do Interior e pela associação, que se reunirá pelo menos duas vezes por ano.

A central nuclear de Almaraz, recentemente visitada por uma delegação técnica portuguesa, fica localizada a 100 quilómetros da fronteira nacional.

Espanha decidiu construir um armazém para resíduos radioativos na central, que usa o rio Tejo para refrigeração, tendo Portugal apresentado uma queixa à Comissão Europeia por não ter conhecimento de qualquer estudo de impacto ambiental transfronteiriço da estrutura.

Em fevereiro, a Comissão Europeia anunciou que os governos de Portugal e Espanha alcançaram uma "resolução amigável" para o litígio, com Lisboa a retirar a queixa apresentada a Bruxelas.

Apesar das críticas dos ambientalistas e dos partidos políticos, que alegam que o acordo representa um recuo de Portugal, os ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e do Ambiente, João Matos Fernandes, discordam.

Defendem que, no final dos dois meses de trabalho conjunto, período em que Espanha se compromete a dar informações a Portugal sobre a construção e o funcionamento do armazém e os seus eventuais efeitos, será feita a avaliação dos trabalhos e, se os resultados forem inconclusivos, o Governo português poderá voltar a apresentar queixa à Comissão Europeia.

Os ambientalistas receiam que a construção do armazém significa que Espanha se prepara para autorizar o prolongamento do funcionamento da central nuclear, que deveria terminar em 2020.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC