sicnot

Perfil

Mundo

Homem com machado ataca várias pessoas em Dusseldorf

© Reuters Staff / Reuters

A polícia alemã informou esta quinta-feira que pelo menos cinco pessoas foram feridas num ataque com machado na principal estação ferroviária de Dusseldorf, no oeste da Alemanha, perto de Colónia. Dois atacantes foram detidos, mas a polícia acredita que existem mais suspeitos em fuga.

Última atualização 21:34

O porta-voz da polícia federal, Rainer Kerstiens, disse que o ataque terá sido feito por duas pessoas que foram detidas e ocorreu às 21:00 locais.

A mesma fonte disse que a polícia suspeita que mais atacantes estão em fuga.

Rainer Kerstiens não precisou a gravidade dos ferimentos das pessoas.

No local, está presente um forte dispositivo policial e a unidade antiterrorismo fechou a estação de comboios

A partir do Twitter, várias pessoas publicaram vídeos do local.

Segundo o jornal alemão Bild, o motivo do ataque ainda não é conhecido

Até ao momento, desconhece-se também o número de vítimas. Os vídeos publicados mostram as autoridades a socorrer vítimas do ataque.

Os comboios que iriam chegar foram desviados, devido ao encerramento temporário da estação.

Com Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.