sicnot

Perfil

Mundo

Polícia alemã encerra centro comercial em Essen por suspeita de ataque

© Thilo Schmuelgen / Reuters

A polícia alemã ordenou hoje o encerramento de um centro comercial na cidade de Essen, no oeste da Alemanha, por ter recebido "informações credíveis" sobre um iminente ataque, segundo a imprensa local.

"O centro comercial permanecerá fechado hoje por motivos de segurança, a polícia tem provas concretas sobre um possível ataque", informou a polícia num comunicado publicado em redes sociais e citado pela agência noticiosa France Presse (AFP).

A polícia não deu mais detalhes sobre a origem ou natureza da ameaça, acrescentando que está a decorrer uma investigação, apoiada por "agentes especializados".

Em declarações à AFP, o porta-voz da polícia local disse que o alerta vem de "outro serviço".
O alerta "só afeta o centro comercial Limbecker Platz", disse a polícia, que também fechou os parques de estacionamento e as estações de metro que servem o espaço, com 200 lojas, localizado no centro da cidade.

As autoridades alemãs estão em alerta por causa da ameaça 'jihadista' sobre a Alemanha, principalmente desde o ataque com um camião num mercado de Natal, que matou 12 pessoas em Berlim, no passado mês de dezembro, refere a AFP.

Os serviços de inteligência alemães estimam em cerca de 10.000 o número de radicais islâmicos no país.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.