sicnot

Perfil

Mundo

Carlos, o Chacal julgado em Paris por atentado ocorrido em 1974

Carlos, o Chacal na primeira audiência de julgamento em Paris em novembro de 2000, última fotografia pública.

© Reuters TV / Reuters (ARQUIVO)

Carlos, o Chacal, autor de atentados durante os anos 1970 e no início da década de 80 vai começar a ser julgado hoje em Paris pelo ataque à bomba contra uma loja parisiense há 43 anos.

O venezuelano Ilyich Ramirez Sanchez, 67 anos, foi alcunhado pela imprensa britânica como "Carlos o Chacal", em referência ao romance "O Dia do Chacal" do escritor britânico Frederick Forsyth.


Carlos foi preso em 1994 na capital do Sudão pelas forças de elite francesas tendo sido condenado a prisão perpétua pela morte de dois polícias em Paris, em 1975.


A justiça francesa considerou-o igualmente culpado de quatro atentados em Paris e Marselha, em 1982 e 1983, respetivamente, e que provocaram no total 11 mortos e 150 feridos.


Hoje, Carlos vai ser começar a ser julgado pelo ataque contra o estabelecimento "Publicis" que em 1974 se encontrava situado em Saint-Germains-de-Pres, no centro de Paris.


O ataque com granadas, ocorrido no dia 15 de setembro de 1974, fez dois mortos e 34 feridos.

Lusa

  • Condutora que atropelou peregrinos "internada compulsivamente"

    País

    A condutora do veículo que hoje atropelou seis peregrinos na Estrada Nacional 365, em Alcanena, apresentava problemas do foro psicológico e teve de ser internada compulsivamente. O atropelamento esta madrugada fez uma vítima mortal, um homem, e feriu cinco pessoas, uma das quais em estado grave.

  • Maduro deve ser reeleito em eleições contestadas pela oposição
    1:46

    Mundo

    Os venezuelanos elegem hoje o Presidente que deverá estar à frente do país até 2025. Há quatro candidatos, mas Nicolás Maduro é o favorito na corrida. A oposição apelou ao boicote e vários países da América e das Caraíbas, os EUA e a UE já avisaram que não reconhecerão resultados de uma eleição que não é livre nem transparente.

  • A solução de Elon Musk para os engarrafamentos em Los Angeles
    1:23