sicnot

Perfil

Mundo

Conselheira de Trump sugere espionagem através de microondas

© Jonathan Ernst / Reuters

Kellyanne Conway sugeriu ontem à noite numa entrevista que as alegadas escutas ordenadas pela administração Obama na Trump Tower visaram outros aparelhos eletrónicos que não apenas telefones. Hoje, a conselheira de Trump veio dizer que não tem provas do que disse ontem.

Mais de uma semana depois das suspeitas virem a público, Kellyanne Conway voltou a falar no assunto, mas afirmou não ter qualquer tipo de prova, acrescentando que não estava a referir-se a escutas na Trump Tower, mas de uma vigiância a nível geral.

A conselheira de Trump chegou a afirmar que "há várias maneiras de vigiar os outros" e fez uma referência a microondas. Comentário que está a fazer furor na Internet.

"(...) é possível vigiar as pessoas através dos seus telefones - e certamente através das suas televisões (...) e microondas que se transformam em câmaras. Sabemos que é um facto da vida moderna", declarou em entrevista ao site NorthJersey.com.

Esta manhã, Conway defendeu-se no Twitter, logo seguida pelo próprio Presidente que aconselhou os media a serem "mais simpáticos" com os seus representantes "que trabalham tão arduamente".

  • Serviços secretos negam escutas a Donald Trump
    0:39

    Mundo

    O ex-director dos serviços secretos norte-americanos nega que Donald Trump tenha estado sob escuta antes das eleições presidenciais. James Clapper diz que não houve qualquer ação contra o Presidente eleito enquanto candidato ou contra a sua campanha.

  • Obama nega mas Trump exige investigação do Congresso
    2:20

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, pediu ao Congresso para investigar eventuais escutas de que tenha sido alvo, por ordem do seu antecessor, Barack Obama, antes das eleições. Donald Trump, "solicita que, no âmbito das suas investigações sobre as atividades relacionadas com a Rússia, as comissões sobre os serviços secretos do Congresso exerçam a sua autoridade de supervisão para determinar se o poder executivo excedeu, em 2016, os seus poderes de investigação", afirma em comunicado Sean Spicer, porta-voz da Casa Branca. Barack Obama já desmentir as acusações.

  • Trump acusa Obama de o colocar sob escuta
    1:47

    Mundo

    O dia de Donald Trump começou hoje às cinco e meia da manhã com acusações a Barack Obama. Trump acusa o anterior Presidente dos Estados Unidos de ter colocado os seus telefones sob escuta. As acusações foram feitas na conta de Twitter. O Porta-voz de Barack Obama já veio desmentir as acusações.

  • Administrador recebia 420 mil € por ano quando aldeamento passava dificuldades
    4:39
  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27
  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Peru faz aparição especial na Casa Branca
    1:10

    Mundo

    Os norte-americanos estão a preparar-se para o tradicional Dia de Ação de Graças, assinalado na próxima quinta-feira. O tradicional peru fez esta terça-feira uma aparição especial na sala de conferências de imprensa, na Casa Branca, em Washington. O peru é o prato tradicional no Dia de Ação de Graças, uma data de louvor a Deus, que remonta ao século XVII e que é celebrada na quarta quinta-feira de novembro, sobretudo nos Estados Unidos da América e no Canadá.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50