sicnot

Perfil

Mundo

Encontro entre Trump e Merkel adiado para sexta-feira devido a tempestade de neve

O encontro entre o Presidente Donald Trump e a chanceler alemã, Angela Merkel, previsto para terça-feira, foi adiado para sexta-feira devido a uma tempestade que deverá atingir o nordeste dos Estados Unidos, anunciou hoje a Casa Branca.

"O Presidente falou com a chanceler alemã. Concordaram que o encontro devia ser adiado e reagendado para 17 de março [sexta-feira] devido às condições meteorológicas", disse o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, em declarações aos jornalistas.


Segundo informaram os 'media' alemães, a partida do avião da chanceler foi cancelada quando o aparelho estava quase a descolar.
É a primeira viagem de Merkel a Washington desde que Trump chegou à Casa Branca, no passado dia 20 de janeiro.


Angela Merkel ia à capital federal americana a convite da Casa Branca e, de acordo com o programa avançado hoje por fontes alemãs, a chanceler iria ter um encontro bilateral com Trump e depois iria ter uma reunião com a presença de investidores e empresários.
Horas antes de entrar no avião, a líder alemã tinha realçado que os Estados Unidos são um parceiro comercial "central" para a Alemanha e da União Europeia (UE) e sublinhou que "o diálogo direto é sempre melhor quando alguém fala com o outro".


"Falar com o outro, em vez do outro, será o meu lema desta viagem", assegurou Merkel numa conferência de imprensa com representantes empresariais e do patronato antes da viagem a Washington.


A chegada de Trump à Casa Branca evidenciou os diferentes pontos de vista entre os parceiros transatlânticos em vários assuntos, como o comércio.


Perante estas eventuais diferenças, Merkel destacou a importância do comércio transatlântico e realçou os benefícios que traz para os Estados Unidos e a UE.


A agência norte-americana Associated Press noticiou hoje que as companhias aéreas dos Estados Unidos cancelaram quase 4.000 voos internos previstos para hoje e terça-feira devido à forte tempestade de neve que deverá atingir nos próximos dias a região nordeste dos Estados Unidos.


O programa informático de localização de aviões FlightAware.com anunciou ao final da manhã de hoje que mais de 1.100 voos previstos para hoje e 2.800 para terça-feira foram cancelados. As cidades mais afetadas são Chicago, Washington, Boston e Nova Iorque.


Foram emitidos alertas para Nova Iorque, partes do norte de New Jersey e do sul do Connecticut, com previsão de rajadas de vento de 90 quilómetros por hora. A neve pode atingir os 45 centímetros nas cidades de Nova Iorque e Boston, 30 em Filadélfia e 25 em Washington.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • Um Lugar ao Sol
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".