sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 1.500 crianças mortas em dois anos na guerra no Iémen

© Christinne Muschi / Reuters

Mais de 1.500 crianças morreram nos últimos dois anos na guerra do Iémen. De acordo com a UNICEF, mais de 2.000 crianças foram mutiladas durante o conflito, a maioria rapazes.

Segundo a organização, mais de 200 escolas e quase 100 hospitais foram alvo de ataques.

A guerra no Iémen intensificou-se em março de 2015, depois da intervenção da coligação militar árabe que apoia o Presidente do país. A capital Sanaa foi tomada por forças rebeldes em 2014.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o conflito no país já causou mais de 7.700 mortos.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.