sicnot

Perfil

Mundo

Angelina Jolie sublinha "importância crucial" do internacionalismo no mundo

© Denis Balibouse / Reuters

A atriz norte-americana Angelina Jolie sublinhou esta quarta-feira a "importância crucial" que o internacionalismo tem no mundo e defendeu o aprofundamento do papel de organizações como a ONU face a "patriotismos egoístas".

A enviada especial do alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados foi esta quarta-feira, em Genebra, na Suíça, a principal oradora na conferência anual da Fundação Sérgio Vieira de Mello, que recorda o diplomata brasileiro que morreu em Bagdade em 2003, juntamente com mais 21 pessoas, num ataque terrorista contra instalações da ONU, quando era enviado especial das Nações Unidas no Iraque.

Angelina Jolie definiu-se como internacionalista (partidária de uma corrente que advoga maior cooperação política e económica entre nações em prol de um bem comum) e sustentou que a única solução para o mundo, que disse atravessar uma mau momento, é aprofundar "a diplomacia, o diálogo e o entendimento".

A atriz assinalou o número recorde de deslocados no mundo e a expansão do "patriotismo egoísta", lamentando as "novas guerras" após "antigos conflitos não resolvidos" e o "aumento do nacionalismo, do medo e do ódio".

"Sou uma norte-americana orgulhosa, mas também uma internacionalista. Todos os que defendem os direitos humanos são-no", frisou.

Sem citar o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a artista apontou "o aumento do nacionalismo mascarado de populismo", a "emergência de políticas que defendem o medo e o ódio" e o aparecimento de "políticos eleitos parcialmente, na base do desprezo de instituições internacionais e de outros países".

Esta semana, Donald Trump voltou a ameaçar com o corte de fundos para a ONU.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.