sicnot

Perfil

Mundo

Papa considera que retirar empregos às pessoas é "pecado gravíssimo"

© Tony Gentile / Reuters

O Papa Francisco disse hoje que se comete "um pecado gravíssimo" quando se "retira o emprego" às pessoas para realizar "manobras económicas ou negócios pouco claros".

Francisco falava no final da sua audiência pública na praça de S. Pedro, mostrando a sua solidariedade para com uma centena de trabalhadores da televisão Sky Italia, que se encontravam no local.

Os trabalhadores da Sky Italia convocaram manifestações e greves perante a decisão da empresa de avançar com 200 despedimentos e de obrigar 300 trabalhadores a mudarem de Roma para Milão.

Na sua intervenção, saudada com uma salva de palmas pelos peregrinos presentes no Vaticano, o Papa disse que "quem por manobras económicas e para fazer negócios poucos claros encerra uma fábrica ou uma sociedade empresarial e retira trabalho aos homens, comete um pecado gravíssimo".

"O trabalho dá-nos dignidade. Os responsáveis, os dirigentes, têm a obrigação de garantir que cada homem e mulher tenham trabalho e possam olhar nos olhos os restantes com dignidade", disse.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19