sicnot

Perfil

Mundo

Projeções na Holanda dão vitória ao partido do Governo e derrota da extrema-direita

As primeiras projeções de resultados das eleições legislativas holandesas, feitas à boca das urnas, dão a vitória ao partido do Governo (VVD), liderado pelo primeiro-ministro Mark Rutte, e ditam a derrota da extrema-direita (PVV) de Geert Wilders.

As projeções da Ipsos dão a vitória a Rutte e distribuem os assentos parlamentares da seguinte maneira:

VVD (centro-direita; partido no poder) - 31 deputados
PVV (extrema-direita) - 19 deputados
D66 (sociais-democratas) - 19 deputados
CDA (centro-direita) - 19 deputados
Groenlinks (esquerda ecologista) - 16 deputados
SP (esquerda) - 14 deputados
Partido Trabalhista (centro-esquerda) - 9 deputados
CU (centro-direita) - 6 deputados
PvdD (direita liberal) - 5 deputados
50+ (pró-reformados) - 4 deputados
Denk (pró-imigração) - 3 deputados
SGP (direita) - 3 deputados
FvD (direita) - 2 deputados

Rutte deverá cumprir um novo mandato no poder.

Rutte deverá cumprir um novo mandato no poder.

© Michael Kooren / Reuters

O Parlamento holandês tem 150 lugares.

Caso estes resultados se confirmem, o Partido Trabalhista e a extrema-direita serão os maiores derrotados da noite eleitoral, sendo que o partido de Geert Wilders pode terminar no quarto lugar. Já os trabalhistas poderão vir a perder 29 deputados (de 38 em 2012 para 9).

O líder do partido de extrema-direita, Geert Wilders.

O líder do partido de extrema-direita, Geert Wilders.

© Yves Herman / Reuters

As agências de notícias internacionais dão já conta de um ambiente de festa no centro de Amesterdão.

Este foi o ato eleitoral mais participado dos últimos 31 anos, com cerca de 82% dos eleitores a irem às urnas.

Os resultados oficiais devem ser conhecidos apenas ao início da madrugada.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52