sicnot

Perfil

Mundo

Quatro raparigas fazem-se explodir na Nigéria, atentado faz mais 2 mortos e 16 feridos

© Stringer . / Reuters (Arquivo)

Pelo menos seis pessoas morreram hoje quando quatro raparigas se fizeram explodir nos subúrbios da cidade nigeriana de Maiduguri, informaram as autoridades do país. A Agência Nacional de Gestão de Emergências informou que as explosões, hoje de manhã na capital do estado de Borno, mataram as quatro bombistas adolescentes e outras duas pessoas, deixando ainda 16 pessoas feridas.

As explosões ocorreram perto de Muna Garage, um alvo habitual do grupo extremista Boko Haram nos últimos meses.


A utilização de raparigas treinadas pelo Boko Haram para realizar atentados suicida tornou-se uma estratégia do grupo extremista nos últimos dois anos.


Mais de 200 meninas adolescentes perderam a vida em ataques no nordeste da Nigéria.


A rebelião do Boko Haram, que começou há sete anos, já matou mais de 20 mil pessoas e provocou uma crise humanitária na região.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.