sicnot

Perfil

Mundo

Equipa da Sky News sobrevive a ataque em Mossul

Equipa da Sky News sobrevive a ataque em Mossul

Uma equipa de reportagem da Sky News sobreviveu a um ataque suicida na cidade de Mossul, que foi reivindicado pelo Daesh. Um carro bomba explodiu, mas os repórteres da Sky News conseguiram refugiar-se a tempo de não serem atingidos.

  • Cymerman mostra o impacto da guerra em Mossul
    1:50

    Mundo

    O exército iraquiano e o curdo continuam a avançar na zona oriental de Mossul. O Daesh prepara a defesa com explosivos. Uma equipa da SIC esteve nos últimos dias na zona considerada a mais perigosa do mundo.

  • Daesh responde ao avanço das forças iraquianas em Mossul 

    Mundo

    As forças iraquianas enfrentaram durante a noite um ataque do Daesh numa zona de Mossul já conquistada pelas tropas apoiadas pelos EUA. A contraofensiva aconteceu poucas horas depois de as autoridades iraquianas terem anunciado o controlo dos principais edifícios do Governo da província de Mossul, bem como de um museu, no sentido de alcançar o controlo total da cidade.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38