sicnot

Perfil

Mundo

Havai suspende temporariamente novo decreto de Trump

© Carlos Barria / Reuters

O Tribunal Federal de Honolulu, no estado norte-americano do Havai, suspendeu temporariamente e de forma nacional o novo decreto anti-imigração de Donald Trump.

O pedido para suspender a ordem do Presidente dos Estados Unidos da América tinha sido apresentado há seis dias ao Tribunal Federal pelo estado do Havai por considerar que viola a Constituição norte-americana.

O argumento é na essência o mesmo que foi usado pelo estado de Washington para contestar o primeiro decreto. Na altura, um juiz de Seattle suspendeu a implementação da medida.

O novo decreto da administração Trump é uma versão mais suave do anterior, mas continua a proibir a entrada de cidadãos de seis países de maioria muçulmana.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.