sicnot

Perfil

Mundo

Rex Tillerson sugere uma estratégia mais forte para lidar com Coreia do Norte

O secretário de Estado norte-americana, Rex Tillerson, sugeriu uma estratégia mais forte para lidar com a ameaça nuclear norte-coreana, mas disse que Pyongyang não tem razões para recear os EUA.

As declarações de Tillerson, feitas no Japão, no início de uma viagem a três países asiáticos, representam uma alternação entre mensagens ameaçadoras e tranquilizadoras, que sugere que a Casa Branca ainda está a formular uma política clara.

Tillerson não detalhou o que incluiria uma "abordagem diferente" da Casa Branca à Coreia do Norte, mas salientou que 20 anos de "esforços diplomáticos e outros" falharam na dissuasão do isolacionista governo comunista de desenvolver o seu programa nuclear, que considerou ser "uma ameaça sempre crescente".

Falando ao lado do ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Fumio Kishida, Tillerson lembrou a antiga pretensão dos EUA de a Coreia do Norte "abandonar os programas de mísseis balísticos e nuclear e evitar mais provocações".

O dirigente norte-americano acrescentou que a sua visita à Ásia foi concebida para "trocar opiniões sobre uma nova abordagem", dando eco a comentários de analistas em Washington, que têm dito que Donald Trump quer examinar todas as opções -- incluindo militares -- para interromper o programa de armamento norte-coreano antes que possa desenvolver um míssil com capacidade de transportar uma arma nuclear e alcançar os EUA.

Mas se as palavras de Tillerson destinavam-se a avisar Pyongyang, ele rapidamente mudou, ao declarar que "a Coreia do Norte e o seu povo não precisam de recear os EUA ou os seus vizinhos na região que apenas pretendem viver em paz com a Coreia do Norte".

A viagem de Tillerson, que também inclui a Coreia do Sul e a China, realiza-se quando a Casa Branca está a fazer uma revisão generalizada da política norte-americana em relação à Coreia do Norte. Sugestões feitas por Tillerson e outros dirigentes relativas a uma nova direção têm alimentado especulações que os EUA podem enfatizar o recurso a opções militares, o que tem sido evitado pelas presidências anteriores.

Lusa

  • O dia em que Marcelo apitou um jogo de futebol

    País

    Habituado a ajuizar os momentos de tensão entre Governo e oposição, Marcelo Rebelo de Sousa foi esta quarta-feira árbitro, literalmente. Tudo aconteceu num jogo de futebol entre crianças, durante a visita do Presidente da República a São Tomé e Príncipe.

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.