sicnot

Perfil

Mundo

"Cuidado com os judeus" ou apenas um projeto artístico

Shomrim

Um sinal colocado em Stamford Hill, a norte de Londres, numa zona onde reside uma grande comunidade de judeus ortodoxos, está a gerar polémica. Colocado esta terça-feira a cerca de 200 metros de uma sinagoga, a semelhança com um sinal de trânsito e a imagem que exibe no centro levaram a que fosse interpretado como um alerta - "Cuidado com os judeus".

O autor da iniciativa foi o fotógrafo francês Franck Allais que já pediu desculpa pela eventual ofensa à comunidade judaica. O artista garante que o sinal faz parte de um projeto que pretende retratar pessoas a atravessarem a rua.

No centro do sinal vê-se uma silhueta de um judeu ortodoxo a usar o tradicional Fedora.

Um membro do Shomrim NE London, um grupo local de moradores, apresentou queixa às autoridades depois de ter avistado o sinal colocado nas proximidades da sinagoga. Barry Bard, dirigente do grupo disse à BBC que o estranho sinal de trânsito gerou de imediato preocupação na comunidade judaica.

"É um projeto sobre atravessar a rua... sobre como todos somos diferentes e todos temos uma identidade. Não há apenas um sinal na rua. Eu coloquei mais, mas repararam apenas neste. Lamento qualquer ofensa que possa ter causado", afirmou Franck Allais ao The Guardian.

O fotógrafo e artista explicou ao jornal britânico que o sinal pretendia valorizar a identidade deste bairro com a maior comunidade de judeus hassídicos na Europa.

Franck Allais disse que no âmbito deste projeto foram também colocados outros sinais, um com a imagem de uma mulher com um carrinho de compras, outro de um homem a empurrar uma cadeira de rodas e ainda outro com um gato.

O artista admitiu também que ficou abalado com a reação que causou na comunidade judaica.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.