sicnot

Perfil

Mundo

"Cuidado com os judeus" ou apenas um projeto artístico

Shomrim

Um sinal colocado em Stamford Hill, a norte de Londres, numa zona onde reside uma grande comunidade de judeus ortodoxos, está a gerar polémica. Colocado esta terça-feira a cerca de 200 metros de uma sinagoga, a semelhança com um sinal de trânsito e a imagem que exibe no centro levaram a que fosse interpretado como um alerta - "Cuidado com os judeus".

O autor da iniciativa foi o fotógrafo francês Franck Allais que já pediu desculpa pela eventual ofensa à comunidade judaica. O artista garante que o sinal faz parte de um projeto que pretende retratar pessoas a atravessarem a rua.

No centro do sinal vê-se uma silhueta de um judeu ortodoxo a usar o tradicional Fedora.

Um membro do Shomrim NE London, um grupo local de moradores, apresentou queixa às autoridades depois de ter avistado o sinal colocado nas proximidades da sinagoga. Barry Bard, dirigente do grupo disse à BBC que o estranho sinal de trânsito gerou de imediato preocupação na comunidade judaica.

"É um projeto sobre atravessar a rua... sobre como todos somos diferentes e todos temos uma identidade. Não há apenas um sinal na rua. Eu coloquei mais, mas repararam apenas neste. Lamento qualquer ofensa que possa ter causado", afirmou Franck Allais ao The Guardian.

O fotógrafo e artista explicou ao jornal britânico que o sinal pretendia valorizar a identidade deste bairro com a maior comunidade de judeus hassídicos na Europa.

Franck Allais disse que no âmbito deste projeto foram também colocados outros sinais, um com a imagem de uma mulher com um carrinho de compras, outro de um homem a empurrar uma cadeira de rodas e ainda outro com um gato.

O artista admitiu também que ficou abalado com a reação que causou na comunidade judaica.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50

    País

    A água é um recurso essencial para todos os organismos vivos, comunidades e atividades económicas. Num país com situações de secas recorrentes, que tendem a ser agravadas pelas alterações climáticas, o que aprendemos com anteriores episódios de escassez de água? Como usar a água para que não falte no futuro? "Água Sob Pressão" foi o tema desta Grande Reportagem, de Carla Castelo (jornalista), Manuel Ferreira (Imagem), Gonçalo Freitas (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo) e Isabel Mendonça (Produção), exibida na SIC em julho de 2012 (que também foi um ano de seca, ainda que menos grave do que a atual).

  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15