sicnot

Perfil

Mundo

Rei de Marrocos nomeia novo primeiro-ministro após impasse político

© Stringer . / Reuters

O rei de Marrocos Mohammed VI nomeou esta sexta-feira o antigo chefe da diplomacia marroquina Saad-Eddine El Othmani como primeiro-ministro, em substituição de Abdelilah Benkirane que não conseguiu formar governo após cinco meses de negociações.

A nomeação de Saad-Eddine El Othmani foi divulgada pelo gabinete real.

Psiquiatra de formação e figura do Partido Justiça e Desenvolvimento (PJD, islâmico), força partidária que liderou de 2004 a 2008, Saad-Eddine El Othmani assumiu a pasta dos Negócios Estrangeiros entre janeiro de 2012 e outubro de 2013. Abdelilah Benkirane, atual secretário-geral do PJD, foi afastado na quarta-feira pelo rei marroquino.

À frente do governo desde a vitória histórica do PJD nas legislativas de 2011, no seguimento da Primavera Árabe (vaga revolucionária que abalou vários países do mundo árabe nesse ano), Abdelilah Benkirane ganhou as eleições legislativas em outubro de 2016 e foi reconduzido como primeiro-ministro.

No entanto, e após cinco meses de negociações intensas, não conseguiu formar uma coligação governamental.Saad-Eddine El Othmani, que deixou a pasta da diplomacia marroquina em outubro de 2013 após uma remodelação governamental, era apontado pela imprensa local como o favorito para substituir Benkirane.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.