sicnot

Perfil

Mundo

Trump acusa China de "fazer pouco" para conter Coreia do Norte 

© REUTERS FILE PHOTO / Reuters

O Presidente dos EUA, Donald Trump, acusou hoje a China de ter "feito pouco" para conter as ambições nucleares da Coreia do Norte, algumas horas após o seu secretário de Estado ter referido que a opção militar não está excluída.

"A Coreia do Norte comporta-se muito mal. Há anos que eles se atiram aos Estados Unidos. A China pouco fez para ajudar!", indicou Trump num tweet.

Alguns dias após os disparos de mísseis balísticos definidos por Pyongyang como um exercício que visava bases norte-americanas no Japão, Rex Tillerson, em périplo pela Ásia, afirmou que a designada política de "paciência estratégica" estava terminada.

"Exploramos uma nova série de medidas diplomáticas, securitárias e económicas. Todas as opções estão em cima da mesa", declarou.

Tillerson é esperado sábado na China, principal aliado diplomático e comercial de Pyongyang.

À semelhança de Washington, Pequim também tem demonstrado inquietação face ao programa nuclear do seu vizinho, mas considera que os Estados Unidos também contribuíram para a escalada das tensões.

A situação regional complicou-se após a instalação na Coreia do Sul do sistema antimíssil norte-americano Thaad.

Seul, à semelhança de Washington, assegura que tem objetivos meramente defensivos, mas Pequim considera que o Thaad e o seu potente radar têm capacidade para reduzir a eficácia dos seus sistemas de mísseis.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.