sicnot

Perfil

Mundo

Terminais de Paris-Orly reabertos ao tráfego aéreo

© Christian Hartmann / Reuters

Os dois terminais Sul e Oeste do aeroporto de Orly, sul de Paris, foram reabertos após a interrupção ao trafego aéreo depois de um homem ter sido abatido, segundo os Aeroportos de Paris.

O tráfego foi retomado ao início da tarde, assim como as chegadas ao terminal Sul do aeroporto de Orly, sul de Paris, onde o tráfego aéreo foi "completamente interrompido" na sequência dos incidentes.

A reabertura acontece cerca de duas horas e meia depois de o terminal Oeste ter sido igualmente reaberto.

O regresso à total normalidade em Orly-Sul deverá acontecer somente durante a manhã de domingo, segundo disse à France Presse, Augustin de Romanet, responsável dos Aeroportos de França.

O trafego aéreo foi interrompido nos dois terminais cerca das 08:50, depois dos incidentes que levaram à neutralização de um homem que já se encontrava referenciado pela polícia e pelos serviços de informação franceses.

Entretanto a agência de notícias Associated Press revelou que o homem que foi abatido hoje no aeroporto chamava-se Ziyed Bem Belgacem, segundo uma fonte oficial que pediu o anonimato.

Também a rádio France Info, revelou na sua página de internet o nome do homem, o mesmo que abriu fogo uma hora e meia antes do incidente no aeroporto, numa operação policial em Stains, a norte da capital, onde feriu uma agente.

Já o jornal Le Parisien referiu apenas que se trata de Ziyeb B. e que nasceu em Paris.


Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC