sicnot

Perfil

Mundo

Avião com mais de 40 pessoas a bordo despenha-se no Sudão do Sul

Um avião comercial com 45 pessoas a bordo despenhou-se esta segunda-feira no momento da aterragem no aeroporto da cidade de Wau, noroeste do Sudão do Sul, mas não se registaram vítimas mortais, referiram responsáveis locais.

O responsável pelo aeroporto, Stephen Youngule, garantiu que todos os passageiros e tripulação sobreviveram ao embate. O avião terá tocado no solo, e voltou a ser projetado antes de se imobilizar e incendiar.

Youngule disse que uma das saídas de emergência foi acionada, permitindo que todas os passageiros fossem retirados, alguns com ferimentos.

"Recebemos 14 doentes que foram hospitalizados com urgência e o seu estado é considerado estável", declarou o ministro da Informação do estado de Wau, Bona Gaudensio.

"O tempo não está bom. A visibilidade não tem estado boa e (o avião) estava a aterrar de leste para oeste quando caiu fora da pista. Penso que o piloto não estava a ver bem a pista", disse Paul Charles, engenheiro no aeroporto de Wau, no noroeste do país.

As imagens que circulam nas redes sociais mostram um fumo negro e espesso a sair do avião que ficou quase totalmente destruído exceto na cauda, onde pode ver-se o emblema da companhia aérea local South Supreme Airlines.

O avião efetuava a ligação entre a capital do país, Juba, e Wau, e uma fonte aeroportuária também atribuiu o acidente às más condições meteorológicas.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.