sicnot

Perfil

Mundo

China e Chile suspendem compra de carne exportada por empresas do Brasil

A China e do Chile suspenderam esta segunda-feira as importações de carne produzida no Brasil, na sequência de uma operação policial que descobriu que algumas empresas brasileiras vendiam produtos contaminados para o exterior.

Segundo relato do ministro da Agricultura do Brasil, Blairo Maggi, o Governo chinês pediu esclarecimentos sobre as supostas irregularidades cometidas por fabricantes de carne brasileiros e decidiu reter nos seus portos as cargas já embarcadas até que essas informações cheguem e sejam avaliadas.

No caso do Chile, a notícia foi confirmada pelo ministro da Agricultura daquele país, Carlos Furche, que usou a rede social Twitter para informar sobre a suspensão temporária das importações de carne do Brasil.

"O Ministério da Agricultura anuncia o fecho do mercado para a carne brasileira até ter detalhes de qualquer impacto sobre as importações provenientes dessa fonte. O fecho do mercado é temporário", escreveu o ministro chileno.

Carlos Furche destacou também que a proibição permanecerá até que o Brasil confirme que as empresas exportadoras de carne que mandam os seus produtos para o Chile foram corretamente examinadas.Um grande escândalo envolvendo empresas brasileiras veio a público na última sexta-feira após a polícia local ter realizado uma grande operação contra companhias que supostamente subornavam funcionários públicos para vender carne ilegal e até mesmo produtos estragados.

Pelo menos 30 pessoas foram detidas na última sexta-feira, quando a polícia brasileira acabou por invadir mais de uma dúzia de unidades de processamento de carne.

Uma fábrica de processamento de aves do grupo multinacional BRF e duas fábricas de processamento de carne operadas pela empresa local Peccin foram fechadas. As denúncias já causaram reações em outros locais, como na Coreia do Sul e também no bloco da União Europeia, e ameaçam severamente a reputação do Brasil como a maior nação exportadora de carne e aves do mundo.

A carne brasileira é exportada para mais de 150 países, com mercados principais como Arábia Saudita, China, Singapura, Japão, Rússia, Holanda e Itália. As vendas de carne de aves em 2016 atingiram 5,9 mil milhões de dólares (5,4 mil milhões de euros na cotação de hoje) e de carne bovina 4,3 mil milhões de dólares (4 mil milhões de euros), segundo dados do Governo brasileiro.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.