sicnot

Perfil

Mundo

Cientistas descobrem maneira de carregar telemóvel com panela ao lume

Um novo material descoberto por engenheiros da universidade norte-americana do Utah permite usar joias para gerar eletricidade a partir do calor corporal ou carregar um telemóvel utilizando o calor gerado por uma panela ao lume.

Combinando cálcio, cobalto e térbio, a equipa liderada pelo professor de engenharia Ashutosh Tiwari descobriu uma maneira eficiente, barata e amiga do ambiente de gerar eletricidade através de um processo termoelétrico que usa ar quente e ar frio.


O efeito termoelétrico acontece quando a diferença de temperaturas num material gera corrente elétrica. Basta haver um grau de diferença para as partículas com carga elétrica viajarem do lado quente para o lado frio.


"Não há químicos tóxicos no processo", afirmou o primeiro autor do estudo publicado hoje na revista Scientific Reports, Shrikant Saini.
Esta tecnologia pode ser aplicada a joias que usam o calor do corpo para alimentar sensores como monitores de glucose ou cardíacos, a panelas capazes de carregar dispositivos móveis, ou a carros, utilizando o calor do motor.


Os autores da descoberta afirmam ainda que poderia ser usada para tornar as centrais elétricas mais eficazes, reaproveitando o calor que produzem em conjunto com o ar frio do ambiente.


Tiwari destacou ainda que seria especialmente útil em países onde a eletricidade escasseia e a única fonte de energia é o calor.


A Universidade já pediu a patente do material e vai começar a usá-la em carros e biossensores.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.