sicnot

Perfil

Mundo

Polícia grega localiza oito cartas "suspeitas" semelhantes a bombas

A polícia grega anunciou esta segunda-feira que localizou oito cartas "suspeitas" semelhantes às bombas enviadas a semana passada por um grupo militante nacional para instituições económicas importantes.

As cartas, destinadas a "funcionários de países europeus", foram localizadas no principal centro de triagem do serviço de correios grego no norte de Atenas, acrescentou a polícia.

A semana passada, uma carta-bomba foi enviada para os escritórios do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Paris, tendo explodido e ferido uma secretária. Uma segunda foi enviada para o Ministério das Finanças alemão, mas foi intercetada pela segurança.

A investigação sugere, até agora, que as cartas foram enviadas para o FMI e para o ministério alemão por um grupo de extrema-esquerda, denominado Núcleo de Conspiração de Fogo, que a polícia achava que tinha desmantelado em 2011.

Fonte ligada à investigação da polícia em Paris, onde está localizado o FMI, disse que o correio consistia em dois tubos de pó preto e um disparador elétrico improvisado.

Segundo a polícia grega, as cartas "suspeitas" foram detetadas por "conter um mecanismo semelhante".

O Núcleo de Conspiração de Fogo, considerada uma organização terrorista por Washington, terá enviado o correio para embaixadas estrangeiras na Grécia e para líderes europeus em 2010.

O grupo, com ligação à Federação Informal Anarquista (Itália), apenas reivindicou o correio enviado para o Ministério das Finanças alemão.Em 2011, vários dos seus membros, muitos dos quais jovens, foram condenados a longas penas de prisão por "participação em organização criminosa".

Em 2015, o grupo anunciou que tinha voltado ao ativo e tem cometido ataques esporádicos.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas