sicnot

Perfil

Mundo

Reino Unido vai ativar Artigo 50 na próxima semana

Reino Unido vai ativar Artigo 50 na próxima semana

Theresa May dá início no dia 29 de março à discussão dos termos da saída da União Europeia. A data já foi comunicada ao Conselho Europeu. As negociações deverão durar dois anos e o Reino Unido deixará de fazer parte da UE em março de 2019.

  • Em Bruxelas "está tudo a postos" para as negociações

    Mundo

    A Comissão Europeia confirmou hoje ter sido informada por Londres de que a notificação para a saída do Reino Unido da UE chegará em 29 de março e sublinhou que, em Bruxelas, "está tudo a postos" para as negociações."Sim, fomos informados com antecedência (da data da ativação do artigo 50 do Tratado de Lisboa).

  • Brexit terá início a 29 de março

    Brexit

    A notificação do governo britânico para a saída do Reino Unido da União Europeia será feita na quarta-feira, foi hoje confirmado oficialmente. A confirmação da data foi feita após o embaixador britânico para a UE, Tim Barrow, ter avisado o gabinete do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, de que uma carta seria entregue na quarta-feira da próxima semana.

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.