sicnot

Perfil

Mundo

Mais de mil manifestantes em Belgrado contra primeiro-ministro

Djordje Kojadinovic

Mais de mil pessoas manifestaram-se esta terça-feira na capital sérvia contra o primeiro-ministro Aleksander Vucic, no 16.º dia consecutivo de protestos depois das eleições presidenciais a 2 de abril.

Aleksander Vucic venceu com 55% dos votos, mas os líderes da oposição dizem que houve irregularidades no acto eleitoral.

Os manifestantes pedem a revisão do recenseamento eleitoral e gritam palavras de ordem a favor de eleições livres e da liberdade de imprensa.

As eleições do início do mês desencadearam a maior vaga de protestos de rua na Sérvia em 6 anos.

O receio sobre a concentração de demasiado poder num único partido e as más condições laborais têm contribuído para mobilizar milhares de pessoas para as ruas ao longo das últimas duas semanas.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Santana Lopes rejeita responsabilidades nas falhas do SIRESP
    1:21

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Sobre o relatório do SIRESP, António Vitorino diz que há neste momento um passa culpas entre entidades que só vai contribuir para aumentar o receio das populações perante os incêndios. Pedro Santana Lopes, que era primeiro-ministro quando foi assinado o contrato da rede de comunicações, diz que não sente responsabilidades e defende que o importante é perceber o que há de errado com o SIRESP.

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29