sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos um polícia morto em ataque no Egito

Pelo menos um polícia morreu e quatro ficaram feridos esta terça-feira, num ataque junto ao Mosteiro Ortodoxo de Santa Catarina, no Monte Sinai, no Egipto. Vários homens armados terão disparado sobre um ponto de controlo da polícia, ao lado do mosteiro.

Última atualização 22:00

A informação está a ser avançada pela televisão estatal egípcia.

Este ataque acontece uma semana depois do duplo atentado em igrejas coptas, reivindicado pelo Daesh, e que matou 45 pessoas.

Os factos ocorreram na zona de controlo da segurança do mosteiro, de acordo com a mesma fonte, que não conseguiu precisar qual foi a causa dos tiros.

Não foi fornecida qualquer outra informação sobre o incidente.

"Uma pessoa foi morta, enquanto quatro outras foram mortas", declarou à televisão estatal egípcia um responsável do ministério da Saúde na província do Sinai do Sul, que referiu que os feridos estão estáveis e foram transferidos para a cidade vizinha de Sharm el-Sheikh, uma famosa estância turística.

O mosteiro de Santa Catarina situa-se na província do Sinai do Sul, cerca de 500 quilómetros a leste da capital egípcia, Cairo, e trata-se de um local muito frequentado por turistas egípcios e estrangeiros.

Desde a destituição, pelo Exército, do Presidente islamista Mohammed Morsi, em 2013, o norte da península do Sinai é palco de atentados perpetrados por 'jihadistas', principalmente dirigidos contra a polícia e os militares.

O ramo egípcio do grupo radical Estado Islâmico reivindicou um atentado que matou, em 31 de outubro de 2015, os 224 ocupantes de um avião que transportava turistas russo, que regressavam da estância balnear de Sharm el-Sheikh.

Com Lusa

  • Atentados no Egito fazem 43 mortos
    3:01

    Mundo

    O Daesh reivindicou os atentados deste domingo contra cristãos coptas, no Egipto. Pelo menos 43 pessoas morreram nas explosões em duas igrejas, em Alexandria e Tanta.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC