sicnot

Perfil

Mundo

Putin felicitou Erdogan pelo resultado do referendo

POOL New

O Presidente russo, Vladimir Putin, felicitou esta terça-feira o seu homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan, pela vitória no referendo de domingo sobre o reforço dos seus poderes, anunciou a agência de imprensa pró-governamental da Turquia Anadolu.

Putin telefonou a Erdogan para lhe dirigir as suas felicitações, precisou este meio, citando fontes da presidência turca.

Donald Trump tinha feito o mesmo na véspera, sem emitir opinião sobre o escrutínio de domingo, que a oposição turca considerou estar cheio de fraudes.

Neste mesmo sentido, a União Europeia instou hoje as autoridades turcas a "lançar investigações transparentes às alegadas irregularidades" apontadas pelos observadores internacionais ao referendo de domingo na Turquia sobre o reforço dos poderes do Presidente, que se saldou numa vitória do "sim".

Recep Tayyip Erdogan já afirmou que vai ignorar as conclusões dos observadores.

Também hoje, o principal partido da oposição na Turquia, o CHP, anunciou que vai apresentar ao Alto Conselho Eleitoral um pedido de anulação do referendo de domingo.

O "sim" venceu o referendo realizado no domingo com 51,37%, após a contagem de 99,45% dos boletins de voto.

Lusa

  • Trump terá ligado a Erdogan para o felicitar

    Mundo

    A agência de notícias turca Anadolu diz que Trump ligou esta segunda-feira a Erdogan para felicitá-lo pela vitória no referendo que lhe permite ter mais poderes. É uma notícia que não deixa de ser curiosa depois da administração de Trump ter dito umas horas antes que iria esperar pelo parecer dos observadores internacionais sobre o referendo.

  • O que muda na Turquia?
    1:19

    Mundo

    A vitória do "Sim" no referendo sobre a revisão constitucional, coloca praticamente todo o poder nas mãos do Presidente Erdogan. O jornalista da SIC Rodrigo Pratas explica o que vai mudar na Turquia.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.