sicnot

Perfil

Mundo

Mergulhador sobrevive a 60 horas preso em gruta

Um mergulhador espanhol sobreviveu depois de 60 horas preso numa gruta subaquática na ilha de Maiorca, em Espanha. No passado sábado Xisco Gràcia viu-se num cenário de terror quando percebeu que a garrafa de oxigénio tinha deixado de funcionar. O colega de mergulho foi forçado a deixá-lo para trás para pedir ajuda.

No entanto, a ajuda demorou a chegar e Xisco Gràcia só conseguiu sair da gruta na passada segunda-feira. A demora do resgate deveu-se à pouca visibilidade da água que foi descrita como 'cacau'.

A Guardia Civil espanhola quer rever os passos dos mergulhadores para saber se pode tirar alguma lição do sucedido, que possa vir a ajudar outros mergulhadores em situações semelhantes. Além disso, também vai ser aberta uma investigação para apurar responsabilidades.

A BBC conta que o mergulhador perdeu a noção do tempo e do espaço e que chegou a ter alucinações. "Pensei que já não me encontravam, foi muito duro a nível psicológico", diz Gràcia.

Numa entrevista dada ao jornal El Mundo, Enrique Ballesteros, membro do Grupo Especial de Actividades Subacuáticas (GEAS), diz que Xisco Grácia só conseguiu sobreviver porque tomou a decisão certa de esperar por ajuda e também pelos trabalho desenvolvido pelas equipas de resgate.

Operação de resgate a Xisco Gràcia:

De acordo com a imprensa, Gràcia é um mergulhador experiente e conhece bem o local onde ficou preso. O espanhol, na casa dos 50 anos de idade, sobreviveu bebendo de uma pequena 'piscina' de água fresca que se situava perto da gruta.

Gràcia foi encontrado a cerca de 40 metros abaixo da superfície, a 900 metros da entrada da gruta, por volta da meia-noite de segunda-feira.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.