sicnot

Perfil

Mundo

Polícia espanhola desmantela rede de prostituição chinesa e liberta 22 mulheres

A polícia da Catalunha detetou e desmantelou uma rede criminosa de prostituição, de origem chinesa, detendo 25 suspeitos e libertando 22 mulheres que eram forçadas a prostituir-se.

Segundo um comunicado divulgado hoje pelos "Mossos d'Esquadra", a polícia regional da Catalunha, o 'gangue Fujian', chamado assim por a maioria dos membros ser oriunda desta região da China, dirigia negócios de prostituição e tráfico de droga.

As detenções tiveram lugar no passado dia 10 de abril nos arredores de Barcelona.

As 22 chinesas libertadas tinham sido levadas para Espanha com documentos de identidade falsos e tinham "dívidas" ao gangue de 15 mil euros, continuou a polícia.

Dos 25 chineses suspeitos, 11 ficaram presos preventivamente e 14 ficaram em liberdade condicional, depois de lhes serem confiscados os passaportes.

Lusa

  • Investigação à tragédia de Pedrógão concluída
    1:10
  • Alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Donald Trump admirado na China

    Mundo

    Um ano depois de ter assumido a presidência, Trump conta com clubes de fãs nas redes sociais da China, com muitos chineses a assumir abertamente a sua admiração pelo líder norte-americano.