sicnot

Perfil

Mundo

Trump quer audiência com o Papa durante a visita a Itália

Max Rossi

A Casa Branca anunciou esta quarta-feira que vai pedir um encontro entre o Presidente norte-americano e o Papa Francisco, que em diversas ocasiões se exprimiu contra a administração Trump em temas como imigração e ambiente.

"Vamos contactar o Vaticano para ver se podem agendar uma audiência com o papa" durante a visita de Trump a Itália para participar na cimeira do G7, anunciou esta quarta-feira o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, na sua conferência de imprensa diária.

Spicer adiantou que "seria uma honra ter uma audiência com sua santidade".

O anúncio de Sean Spicer surge dias depois de alguns órgãos de Comunicação Social terem revelado que, pelo menos até à semana passada, a Casa Branca não tinha pedido uma audiência com o Papa para a viagem de Trump, como sucedeu com os antecessores do atual Presidente norte-americano nas deslocações a Itália.

Caso se confirme o encontro, será o primeiro contacto oficial conhecido entre Trump e Francisco, que em fevereiro de 2016 protagonizaram declarações cruzadas, depois de o Papa ter dito que "não é cristão" construir muros, numa alusão à promessa do Presidente de erguer uma barreira na fronteira Estados Unidos-México.

Trump, que na ocasião era apenas um aspirante à Casa Branca, mas que já liderava as intenções de voto para ser o candidato republicano, replicou que era "vergonhoso" que "um líder religioso questione a fé de uma pessoa".

Todavia, no dia seguinte quis atenuar a tensão criada, ao dizer que o Papa era "um tipo incrível", enquanto o Vaticano assegurou que Francisco não quis fazer um "ataque pessoal nem dar nenhuma indicação de voto".

Trump visitará Itália para assistir na cidade siciliana de Taormina à cimeira do G7, que juntará os chefes de Estado e de Governo do Grupo dos Sete países mais industrializados do mundo: Itália, Alemanha, França, Reino Unido, Estados Unidos, Japão e Canadá.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".