sicnot

Perfil

Mundo

Cambodja e UNICEF querem acabar com orfanatos fictícios

Thomas White / Reuters

A UNICEF está a trabalhar com o Governo do Cambodja para pôr fim aos orfanatos falsos, onde os pais deixam as crianças para atrair doações de turistas ou adoções ilegais.

Num dos países mais pobres do mundo, cerca de 17% dos cambodjanos vivem abaixo do limiar da pobreza, o que leva muitas famílias a entregar os filhos aos orfanatos na esperança de serem adotados por turistas. Nos últimos anos têm aparecido numerosos destes orfanatos falsos e sem licença, suspeitos de negligência e abusos contra as crianças.

Apesar dos apelos de assistentes sociais e organizações não governamentais para que os estrangeiros não recorram a estes meios para adotar crianças, o Governo suspeita que há 16579 crianças, em que pelo menos 85% não são órfãs, em 406 orfanatos pelo país e que estão a ser vítimas de exploração infantil.

"Há imensos abusos dentro dos orfanatos", admitiu o ministro dos Assuntos Sociais, Veteranos e Jovens, Vong Sauth, citado pela agência Reuters.

O Governo cabodjano, em parceria com a UNICEF, pretende devolver às famílias pelo menos 3500 que não são órfãs até ao próximo ano.

"As crianças que vivem em instituições não regulamentadas e sem inspeções correm mais risco de negligência, de abusos físicos e sexuais e de tráfico", alertou a representante da UNICEF no Cambodja, Debora Comini, apelando aos turistas para não darem doações a estes orfanatos ilegais.

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres. Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11

    Mundo

    Um barco de turismo naufragou na Colômbia, ontem à tarde. A bordo estavam cerca de 170 passageiros. Há pelo menos seis mortos confirmados e 28 pessoas continuam desaparecidas. O barco afundou-se ao largo de uma barragem, perante o olhar incrédulo de dezenas de pessoas.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.