sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre forças israelitas e palestinianos diante de uma prisão

Mohamad Torokman / Reuters

Forças israelitas enfrentaram esta quinta-feira palestinianos que se manifestavam, diante da prisão de Ofer, na Cisjordânia ocupada, em apoio aos detidos em prisões israelitas em greve de fome desde segunda-feira.

Cerca de 1.500 dos 6.500 palestinianos presos deixaram de se alimentar desde segunda-feira em protesto contra as condições de detenção e para denunciar discriminações, num movimento de protesto coletivo inédito há anos.

Algumas dezenas de palestinianos que lhes foram manifestar apoio junto à prisão de Ofer foram dispersados por soldados israelitas com granadas de gás lacrimogéneo e de atordoamento, bem como com balas de borracha, segundo um jornalista da agência France-Presse.

Para aumentar a tensão, no local estava também dezena e meia de ativistas do partido israelita de direita União Nacional, que participavam num churrasco para fazer abalar a vontade dos grevistas.

Não foram atrapalhados pelas forças israelitas, tendo alguns soldados aproveitado para se lhes juntar e comer carne grelhada.

Vários ministros israelitas apelaram à recusa de qualquer negociação com os presos, que exigem, entre outros, direitos de visita alargados, acesso ao telefone ou visitas médicas regulares.

As visitas de advogados e familiares foram interrompidas desde segunda-feira em retaliação, questão denunciada à justiça israelita pela organização não-governamental palestiniana que se ocupa do assunto dos presos, o Clube dos Prisioneiros Palestinianos.

O seu diretor, Qaddoura Farès, disse hoje à AFP que a proibição de visitas aos grevistas foi levantada pela justiça israelita e que os advogados vão voltar a realizá-las.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.