sicnot

Perfil

Mundo

Daesh reivindica ataque que fez dois mortos em Paris

Christian Hartmann

Um polícia morreu e outro ficou ferido com gravidade num tiroteio nos Campos Elísios, em Paris. O suspeito que terá atingido os dois polícias já foi abatido e pertencia ao grupo Deash que reivindicou o ataque.

Christian Hartmann

A reivindicação foi divulgada pelo órgão de propaganda do Daesh. O grupo extremista identificou um dos atacantes de nacionalidade belga, Abu Yousif.

A polícia francesa anunciou a morte de um agente durante um tiroteio, que ocorreu por volta das 21h00 locais (menos uma hora em Lisboa) de quinta-feira, nos Campos Elísios, em Paris, a três dias da primeira volta das eleições presidenciais francesas.

As autoridades francesas encerraram a avenida dos Campos Elísios e pediram às pessoas para se afastarem da área.

O suspeito que terá atingido a tiro os dois polícias foi abatido pelas autoridades.

Em declarações à televisão francesa BFM-TV, o representante do ministério francês, Pierre-Henri Brandet, comentou que o autor saiu de um carro e disparou "deliberadamente" contra um agente que se encontrava num carro-patrulha e, posteriormente, atingiu outros colegas que estavam na rua, próximo da estação de metro Franklin Roosevelt, na mais famosa avenida parisiense.

Benoit Tessier

O segundo polícia atingido ficou gravemente ferido.

Segundo a agência Reuters, as autoridades francesas apontaram para uma tentativa de assalto com dois assaltantes.

Uma testemunha afirmou que um dos assaltantes começou a disparar com uma metralhadora.

Paulo Marques, vereador das Relações Internacionais da Câmara de Paris, disse em entrevista à SIC Notícias que pelo menos duas pessoas morreram e duas ficaram feridas, estas "muito provavelmente entre a vida e a morte".

A polícia francesa confirmou à Reuters que o assaltante morto a tiro já estava sinalizado pelas autoridades.

Benoit Tessier

Donald Trump lamentou o ataque em Paris e avançou para a possibilidade de "outro ataque terrorista".

François Hollande convocou uma reunião de emergência no seguimento do ataque a dois polícias que patrulhavam a zona próxima da estação de metro Franklin Roosevelt.

O Presidente francês confirmou que um polícia morreu e dois ficaram feridos durante o ataque nos Campos Elíseos, em Paris, e afirmou que as pistas apontavam para um caso de terrorismo.

"Estamos convencidos, as pistas que podem conduzir a investigação são de ordem terrorista", afirmou o Presidente, numa declaração na quinta-feira à noite.

Benoit Tessier

As autoridades francesas emitiram um mandado de detenção para o segundo suspeito do ataque.

Segundo a Reuters, o mandado de detenção indica que o suspeito em fuga terá apanhado um comboio na Bélgica para entrar em França.

Thibault Camus

Emmanuel Macron sublinha que o primeiro dever de um Presidente é a proteção dos cidadãos e afirmou que a ameaça deste tipo de ataques é uma realidade com a qual a França terá de saber lidar nos próximos anos.

Christian Hartmann

Outros dois candidatos às eleições presidenciais em França, a dirigente de extrema-direita Marine Le Pen e o conservador François Fillon cancelaram esta quinta-feira à noite as suas ações previstas para sexta-feira, último dia da campanha.

François Fillon pediu a suspensão da campanha eleitoral.

  • Governo francês anuncia reforço de segurança

    Mundo

    O primeiro-ministro francês, Bernard Cazeneuve, anunciou hoje o reforço da segurança antes da primeira volta das presidências que se realiza no domingo, depois do atentado de quinta-feira, que provocou a morte de um polícia, em Paris.

  • "A primeira missão do Presidente é proteger"
    0:43

    Eleições França 2017

    O candidato independente às eleições presidenciais francesas já reagiu ao tiroteio em Paris. Emmanuel Macron sublinha que o primeiro dever de um Presidente é proteger os cidadãos. O candidato afirmou ainda que este tipo de ameaças é uma realidade com a qual a França terá de lidar nos próximos anos.

  • "É preciso atacar o mal pela raiz"
    0:46

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen voltou a focar o discurso no tema da segurança e do terrorismo. Numa entrevista, esta quinta-feira à noite, a líder da extrema-direita francesa defendeu que é preciso um maior controlo das fronteiras, uma aposta nas forças de segurança e uma resposta mais rápida ao terrorismo islâmico.

  • Trump fala de "novo ataque terrorista" em França
    0:26

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos afirmou esta quinta-feira que o tiroteio ocorrido esta noite nos Campos Elísios, em Paris, que provocou pelo menos dois mortos, "parece outro ataque terrorista" e enviou as suas condolências "ao povo de França"."

  • Testemunha descreve momentos de pânico em Paris
    0:38

    Mundo

    Uma testemunha do tiroteio desta quinta-feira em Paris conta os momentos de pânico vividos dentro de uma loja nos Champs-Élysées a escassos metros do local tudo aconteceu. O homem descreve o momento em que o atacante aparece com uma Kalashnikov e começou a atacar.

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugueses passam mais de oito horas por semana ao volante
    0:59

    País

    Os portugueses gastam, em média, oito horas em deslocações durante a semana. Um estudo do Observatório Europeu da Mobilidade, divulgado hoje, diz ainda que a grande maioria prefere o automóvel como meio de transporte. Entre os países europeus, Portugal é líder na utilização do carro para deslocação para o trabalho.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • PCP abre debate quizenal com assuntos laborais e sociais

    País

    Um dia depois da sessão solene do 25 de Abril, os deputados regressam hoje ao parlamento para mais um debate quinzenal com o primeiro-ministro, que será seguido por uma discussão sobre o Conselho Europeu extraordinário de sábado. Acompanhe aqui em direto às 15h00 e Minuto a Minuto.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.