sicnot

Perfil

Mundo

Espanha e Alemanha "ao lado" de França

Christian Hartmann

Os governos de Espanha e da Alemanha declararam-se "ao lado" de França, após o ataque que matou um polícia e feriu gravemente dois em Paris, reivindicado pelo Daesh.

"Sigo com preocupação a informação que nos chega de Paris. Sentimos como própria a dor do povo francês nestes momentos difíceis", escreveu o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, na sua conta no Twitter.

A Alemanha está "firme e determinadamente ao lado da França", anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão na sua conta no Twitter. "Notícias chocantes de Paris. Choramos as vítimas e estamos firmes e determinados ao lado da França", acrescentou.

Pouco depois, o porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, escreveu, também no Twitter, que Merkel "manifestou a sua compaixão com as vítimas e suas famílias".

Um polícia foi morto e dois outros feridos num tiroteio na avenida dos Campos Elíseos, em Paris, cujo autor foi abatido pela polícia, segundo as autoridades francesas.

O Daesh reivindicou o ataque através da sua agência de propaganda, Amaq.

Lusa

  • "É preciso atacar o mal pela raiz"
    0:46

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen voltou a focar o discurso no tema da segurança e do terrorismo. Numa entrevista, esta quinta-feira à noite, a líder da extrema-direita francesa defendeu que é preciso um maior controlo das fronteiras, uma aposta nas forças de segurança e uma resposta mais rápida ao terrorismo islâmico.

  • Trump fala de "novo ataque terrorista" em França
    0:26

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos afirmou esta quinta-feira que o tiroteio ocorrido esta noite nos Campos Elísios, em Paris, que provocou pelo menos dois mortos, "parece outro ataque terrorista" e enviou as suas condolências "ao povo de França"."

  • "Há um reforço substancial da polícia"
    2:47

    Mundo

    Cândida Pinto está em Paris, onde falou em direto para a SIC Notícias sobre o tiroteio desta quinta-feira na capital francesa, que fez pelo menos dois mortos. A jornalista da SIC diz que há "um reforço substancial da polícia" e que várias estações de metro foram encerradas.

  • "Não há Europa sem França"
    0:59

    Eleições França 2017

    Jean-Luc Mélenchon voltou a defender uma renegociação total dos tratados europeus. O candidato considerado de extrema esquerda disse que, caso contrário, a França deve sair da União Europeia, mas fez questão de lembrar que a Europa não existe sem França.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59