sicnot

Perfil

Mundo

Facebook quer que utilizadores "escrevam com o cérebro"

Um projeto do departamento de hardware da rede social Facebook, divulgado esta quarta-feira, pretende que os utilizadores, através da tecnologia, consigam controlar computadores diretamente com o cérebro, interpretando e produzindo mensagens.

A BBC explica que o projeto, que ainda se encontra numa fase inicial, vai requerer novas tecnologias que permitam detetar ondas cerebrais sem a necessidade de recorrer a cirurgias invasivas.

A conferência decorreu em San Jose, na Califórnia.

A conferência decorreu em San Jose, na Califórnia.

Stephen Lam

Stephen Lam

"Não queremos descodificar os pensamentos aleatórios das pessoas", esclarece Regina Dugan, diretora do Building 8, o departamento do Facebook responsável por este projeto.

Stephen Lam

A responsável resume o projeto como uma espécie de "rato cerebral para uma realidade aumentada", que envolve elementos reais e virtuais. Desta forma, seria possível digitar 100 palavras por minuto usando apenas o cérebro (cinco vezes mais depressa que a velocidade a que escrevemos nos nossos telemóveis).

Na véspera, o fundador da rede social, Mark Zuckerberg, já tinha anunciado que o Facebook tinha vindo a estudar "interfaces cerebrais" que um dia permitirão às pessoas "comunicar usando apenas a mente".

Stephen Lam

Atualmente já existem tecnologias de controlo externo do cérebro no mercado, mas ainda demasiado simplistas e insuficientes para este tipo de evolução.

  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.