sicnot

Perfil

Mundo

Testemunhas de Jeová banidas da Rússia

O Supremo Tribunal da Rússia proibiu esta quinta-feira as Testemunhas de Jeová de qualquer atividade no país, ao aceitar um requerimento do ministério da Justiça para que a organização religiosa fosse considerada um grupo extremista.

O tribunal ordenou o encerramento da sede central do grupo e das suas 395 secções na Rússia, e a confiscação das respetivas propriedades.
De acordo com a agência noticiosa Interfax, a advogada do ministério da Justiça, Svetlana Borisova, considerou perante o tribunal que as Testemunhas de Jeová colocavam uma ameaça à população da Rússia.


"Constituíam uma ameaça aos direitos dos cidadãos, à ordem pública e à segurança pública", disse em declarações na instância judicial.
Borisova também considerou que a recusa das Testemunhas de Jeová às transfusões de sangue também viola as leis russas sobre cuidados de saúde.


As Testemunhas de Jeová reivindicam mais de 170.000 seguidores na Rússia. Desde há um ano que o grupo tem sido submetido a intensa pressão, incluindo a proibição de distribuir literatura que supostamente violaria as leis anti-extremistas em vigor no país.

Lusa

  • Debate quinzenal com o primeiro-ministro

    País

    Dia de debate quinzenal na Assembleia da República, que deve ficar marcado pela saída de Portugal do Procedimento por Défice Excessivo. Veja aqui em direto e acompanhe a discussão no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Morreu Roger Moore

    Cultura

    O ator britânico Roger Moore, conhecido pelos filmes de James Bond e a série "O Santo", morreu hoje, na Suíça, na sequência de um cancro. Tinha 89 anos.

  • Lesados do Banif ouvidos pela PJ
    1:42

    Economia

    A Unidade de Combate à Corrupção está na Madeira para recolher depoimentos de lesados do Banif e é a primeira diligência da Polícia Judiciária depois de uma queixa apresentada por 100 ex-clientes do banco. Os ex-clientes falam de falsificação de documentos, burla e associação criminosa.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.