sicnot

Perfil

Mundo

Autor do ataque de Paris tinha sido detido em fevereiro

Christian Hartmann

O autor do ataque de quinta-feira em Paris, reivindicado pelo Daesh, tinha sido detido em fevereiro por ameaças contra a polícia e mais tarde libertado, disseram esta sexta-feira à Associated Press duas fontes oficiais francesas.

As fontes falaram à Associated Press (AP) sob anonimato porque não foram autorizadas a pronunciarem-se publicamente sobre o atentado de quinta-feira na capital francesa.

De acordo com as fontes da AP, o autor do atentado tinha sido detido no final do mês de fevereiro após ter verbalizado ameaças contra a polícia, tendo sido posteriormente libertado por falta de provas.

Um polícia foi morto e dois ficaram gravemente feridos na quinta-feira à noite, quando o homem disparou contra o veículo em que seguiam na avenida dos Campos Elísios, no centro de Paris.

O atacante foi morto por outros agentes da polícia francesa.

Lusa

  • O último adeus às vítimas da tragédia de Vila Nova da Rainha
    1:37

    País

    As cerimónias fúnebres das oito vítimas mortais do incêndio na Associação de Vila Nova da Rainha realizaram-se esta terça-feira. Três delas ocorreram em simultâneo na povoação do concelho de Tondela que, no passado sábado, viu a tragédia bater-lhe à porta.

  • Fóssil humano mais antigo encontrado em Portugal entregue ao Museu de Arqueologia
    3:42

    País

    O mais antigo fóssil humano até hoje encontrado em Portugal, o "Crânio da Aroeira", foi entregue no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. Em 2014, o fóssil foi encontrado pela equipa do arqueólogo João Zilhão perto de Torres Novas e foi restaurado e estudado na Universidade Complutense de Madrid, durante dois anos e meio.

  • De "lambe rabos" a "labrego", a polémica entre Rodolfo Reis e Bruno de Carvalho
    1:30
  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14
  • Ambientalistas consideram insuficiente estratégia de Bruxelas para reduzir plástico
    2:07