sicnot

Perfil

Mundo

Detido suspeito do atentado contra autocarro do Dortmund

Martin Meissner

A polícia alemã deteve um suspeito de autoria do atentado contra o autocarro da equipa de futebol do Borussia Dortmund, indicou hoje a Procuradoria Federal acrescentando que questões económicas podem estar na origem do ataque.

Segundo um comunicado da Procuradoria Federal da Alemanha, Sergei W, de 28 anos, adquiriu no passado dia 11 de abril, no mesmo dia do atentado, direitos de venda de ações do Dortmund que têm como data de vencimento o dia 17 de junho, e que pagou através de um crédito bancário efetuado, na semana anterior ao ataque.

De acordo com a procuradoria, o suspeito do atentado contra o autocarro oficial do clube de futebol pretendia provocar uma queda significativa do valor das ações e lucrar com a venda dos títulos (direitos de venda) ao preço estabelecido previamente.

As três explosões que fizeram quebrar uma janela do autocarro do Dortmund causaram ferimentos num jogador e num polícia.

Com Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.