sicnot

Perfil

Mundo

Polícia morto nos Campos Elísios esteve de serviço no Bataclan em 2015

O polícia de Paris que foi morto enquanto estava de serviço na avenida mais famosa da capital francesa, na quinta-feira, viu em primeira mão o terror que pode ser provocado em nome do Daesh.

Xavier Jugele foi um dos agentes que se encontrava na sala de concertos Bataclan na noite em que três bombistas suicidas interromperam um espetáculo e mataram 90 pessoas, a 13 de novembro de 2015.

No último ataque, na quinta-feira, Jugele morreu quando um atacante abriu fogo com uma arma sobre uma carrinha da polícia estacionada nos Campos Elísios.

O Daesh reivindicou rapidamente o ataque e as autoridades afirmaram que o atacante tinha consigo um bilhete a defender o grupo extremista.

A polícia de Paris recusou-se a facultar detalhes sobre a carreira e a vida de Jugele, alegando que a família pediu privacidade.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Cenário mais estável no Sardoal
    0:55

    País

    O presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, disse esta manhã que a situação está mais calma. No entanto, o autarca pede que não se desmobilizem os meios porque a situação pode mudar de forma imprevisivel. Miguel Borges alertou ainda para o cansaço dos bombeiros e agentes da Proteção Civil.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04

    Mundo

    A Polícia do Rio de Janeiro deteve uma portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos. Ana Resende fazia-se passar por funcionária do consulado e prometia vistos e outros documentos para tirar dinheiro das vítimas. Esta é a terceira vez que a polícia brasileira detém a portuguesa por acusações de burla.