sicnot

Perfil

Mundo

Cinco detenções e apreensão de armas em operação antiterrorista em França

Benoit Tessier

Quatro homens e uma mulher foram esta terça-feira detidos em vários pontos de França, no âmbito de uma operação das forças antiterroristas francesas que temiam uma eventual ação violenta, indicaram fontes judiciais.

As detenções ocorreram perto de Rouen (noroeste), em Roanne (centro) e em Villeneuve de Ascq (norte).

Segundo uma das fontes, durante as buscas, foram apreendidas armas brancas e duas espingardas metralhadoras na posse legal de um familiar de um dos suspeitos.

De acordo com duas fontes, os dois homens - o suspeito e o familiar - estão entre os cinco sob custódia policial, a maioria deles nascida na década de 1990.

A operação realizou-se no quadro de uma investigação preliminar iniciada em março pelo departamento de combate ao terrorismo do ministério público francês, graças a informações secretas, precisou a fonte judicial.

Alguns dos suspeitos estavam em contacto através das redes sociais ou da internet, e algumas das mensagens fizeram temer a hipótese de uma ação violenta, acrescentou uma fonte próxima do inquérito.

Na noite de 20 de abril, três dias antes da primeira volta das eleições presidenciais no país, um homem abriu fogo na avenida dos Campos Elísios, em Paris, sobre polícias, com uma arma automática, matando um deles com dois tiros na cabeça.

O atacante, que disse pertencer ao grupo extremista Estado Islâmico (EI), foi abatido.

O ataque foi logo de seguida reivindicado pelos 'jihadistas' do EI, que estiveram na origem da maioria dos atentados que fizeram em França 239 mortos desde 2015.

Lusa

  • Pescador desaparecido no rio Minho, em Alvaredo, Melgaço

    País

    O pescador desapareceu na noite deste sábado no rio Minho, em Alvaredo, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil estão envolvidos nas buscas 15 operacionais e quatro viaturas.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • Mont-Saint-Michel evacuado "por precaução"

    Mundo

    O monumento do Monte Saint-Michel, no oeste de França, foi evacuado hoje de manhã "por precaução", tendo sido retirados os turistas e habitantes devido à presença de um suspeito que ameaçou as forças da ordem, anunciou a polícia francesa.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00