sicnot

Perfil

Mundo

Cinco detenções e apreensão de armas em operação antiterrorista em França

Benoit Tessier

Quatro homens e uma mulher foram esta terça-feira detidos em vários pontos de França, no âmbito de uma operação das forças antiterroristas francesas que temiam uma eventual ação violenta, indicaram fontes judiciais.

As detenções ocorreram perto de Rouen (noroeste), em Roanne (centro) e em Villeneuve de Ascq (norte).

Segundo uma das fontes, durante as buscas, foram apreendidas armas brancas e duas espingardas metralhadoras na posse legal de um familiar de um dos suspeitos.

De acordo com duas fontes, os dois homens - o suspeito e o familiar - estão entre os cinco sob custódia policial, a maioria deles nascida na década de 1990.

A operação realizou-se no quadro de uma investigação preliminar iniciada em março pelo departamento de combate ao terrorismo do ministério público francês, graças a informações secretas, precisou a fonte judicial.

Alguns dos suspeitos estavam em contacto através das redes sociais ou da internet, e algumas das mensagens fizeram temer a hipótese de uma ação violenta, acrescentou uma fonte próxima do inquérito.

Na noite de 20 de abril, três dias antes da primeira volta das eleições presidenciais no país, um homem abriu fogo na avenida dos Campos Elísios, em Paris, sobre polícias, com uma arma automática, matando um deles com dois tiros na cabeça.

O atacante, que disse pertencer ao grupo extremista Estado Islâmico (EI), foi abatido.

O ataque foi logo de seguida reivindicado pelos 'jihadistas' do EI, que estiveram na origem da maioria dos atentados que fizeram em França 239 mortos desde 2015.

Lusa

  • PS vai continuar a procurar entendimentos à esquerda
    1:38
  • 22 mortos devido a gripe H1N1 no Equador

    Mundo

    Uma epidemia de gripe H1N1 provocou a morte de 22 pessoas no Equador, onde estão diagnosticados perto de 500 casos, anunciou esta segunda-feira o vice-ministro da Saúde, Carlos Duran.

  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.

  • Os três pontos de Ronaldo
    1:16
  • Decifrado pergaminho encontrado há 50 anos

    Mundo

    Investigadores israelitas reconstituíram e decifraram um dos dois manuscritos de pergaminhos do Mar Morto que nunca tinham sido interpretados desde que foram descobertos há meio século, anunciou a universidade israelita de Haifa.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC