sicnot

Perfil

Mundo

Guterres diz que liberdade de imprensa é crucial para combater atual desinformação

Brendan McDermid

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu esta quarta-feira aos líderes internacionais para defenderem uma imprensa livre e "o direito à verdade", salientando que a liberdade de imprensa é crucial para combater uma "desinformação predominante".

"Precisamos de líderes que defendam uma imprensa livre. Isto é crucial para combater a desinformação predominante", afirmou Guterres, numa breve mensagem divulgada por ocasião do Dia Internacional da Liberdade de Imprensa, assinalado hoje.

"E precisamos que todos defendam o nosso direito à verdade", reforçou.

No início da mensagem de vídeo, com cerca de 40 segundos, o secretário-geral das Nações Unidas mencionou que os jornalistas "vão aos lugares mais perigosos para dar voz aos que não têm voz".

O responsável salientou que os profissionais da comunicação social enfrentam na atualidade vários perigos: "difamação, violência sexual, detenções, ferimentos e, até, a morte".

"No Dia Internacional da Liberdade de Imprensa apelo ao fim de todas as medidas de repressão contra jornalistas. Porque uma imprensa livre promove a paz e a justiça para todos", reforçou o antigo primeiro-ministro português.

"Quando protegemos os jornalistas, as suas palavras e imagens podem mudar o nosso mundo", concluiu.

Pelo menos 93 jornalistas ou profissionais de órgãos de comunicação social foram mortos em ataques direcionados, bombas ou fogo cruzado durante o exercício da profissão em 2016, recordou hoje a Federação Internacional de Jornalistas (FIJ).

Num comunicado divulgado na página 'online' da organização, a FIJ destacou ainda que pelo menos 13 profissionais de órgãos de comunicação social perderam a vida em situações de violência desde o início do ano corrente.

Lusa

  • Encontrada criança britânica desaparecida na praia da Luz

    País

    Foi encontrada a criança britânica que estava desaparecida desde o início da tarde, avançaram as autoridades. A Polícia Marítima tinha sido informada do desaparecimento de um rapaz de 8 anos, de nacionalidade inglesa, tendo efetuado diligências nas proximidades da praia algarvia.

    Em atualização

  • Marcelo pede "serenidade e cabeça fria" no debate político
    1:29
  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.

  • Várias casas evacuadas devido a chuvas fortes na Alemanha
    0:54
  • Liberdade de movimento entre UE e Reino Unido termina em março de 2019

    Brexit

    A liberdade dos cidadãos europeus para viver e trabalhar no Reino Unido vai terminar, em março de 2019. O Governo britânico pediu esta quarta-feira um estudo de um ano sobre a migração europeia no país, de modo a ajudar no sistema de imigração que será implementado. A avaliação vai estar concluída em setembro, de 2018, seis meses antes da conclusão do Brexit.