sicnot

Perfil

Mundo

Alemanha retira 50 mil pessoas para desarmar bombas da II Guerra Mundial

Fabian Bimmer

A polícia alemã vai retirar hoje 50.000 pessoas de um bairro de Hannover para desarmar bombas da II Guerra Mundial que estão na localidade, sendo um das maiores operações deste tipo desde 1945.

Os habitantes de um bairro densamente povoado desta cidade no norte da Alemanha, que conta com uma população total de cerca de 500.000 pessoas, foram chamados a deixarem as suas casas para a realização da operação, anunciada há muito tempo.


Os especialistas em bombas irão começar no início da tarde a extrair cinco bombas que estavam enterradas e foram recentemente descobertas. Posteriormente, irão encontrar um local seguro para desarmá-las. A operação pode durar até à noite.


Para ocupar os habitantes do bairro, atividades desportivas, culturais e de lazer, assim como visitas a museus e exibições de filmes foram planeadas pelo município.


Uma parte do tráfego dos comboios também vai ser interrompido devido às operações no local.
As bombas foram identificadas através de fotografias aéreas do local.


O desarme de bombas da II Guerra Mundial é realizado regularmente na Alemanha.


A maior operação de retirada de pessoas para o desarme de bombas ocorreu em Augsburg, na Baviera, no sul do país, com 54 mil pessoas a deixarem as suas casas em dezembro do ano passado.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.