sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades anunciam fim da operação policial na Gare du Nord em Paris

Philippe Wojazer

As autoridades francesas avançaram que decorreu uma operação policial de intervenção na estação Gare du Nord, em Paris, durante a noite de segunda-feira.

A Prefeitura de Paris avançou no Twitter que as autoridades francesas deram início a uma operação policial como forma de intervenção, mas poucas horas depois informaram na mesma rede social o fim da operação.

Vários vídeos e fotografias partilhados nas redes sociais revelaram o forte dispositivo policial na Gare du Nord.

Não há informação oficial sobre o que terá motivado a operação policial no interior e exterior da estação.

A Gare du Nord terá sido encerrada pelas 23h00 horas locais (22h00 em Lisboa).

O jornal francês Le Parisien avançou que as autoridades francesas estariam à procura de três suspeitos armados considerados "muito perigosos".

O jornal disse ainda que os suspeitos estavam identificados pelas autoridades desde sexta-feira em Paris, Bordéus e Marselha.

  • Testemunhas relatam momentos de tensão vividos na Gare du Nord, em Paris
    0:55

    Mundo

    As autoridades francesas deram por terminada a megaoperação que levou à evacuação e ao encerramenro da Gare du Nord, em Paris. Através do Twitter as autoridades adiantaram, inicialmente, que estavam a fazer verificações. A operação, que teve início às 22h00, hora de Lisboa, e segundo o Le Parisien, tinha como objetivo a captura de três homens considerados perigosos. 

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23

    País

    A Proteção Civil emitiu um alerta para o tempo frio e seco e pede cuidados redobrados. As temperaturas já começaram a descer, com regiões a registarem valores negativos. No interior, podem chegar aos 5 graus negativos. Até ao Natal o tempo vai manter-se frio, seco e com ausência de chuva.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01
  • Marcelo evita "ideia de que o ano foi todo muito bom"
    3:14

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse esta sexta-feira que 2017 teve "o melhor e o pior" e que "é preciso evitar a "ideia que o ano foi todo muito bom". O Presidente da República fez estas declarações depois de António Costa ter dito que a nível económico este "foi um ano particularmente saboroso".