sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 250 pessoas desapareceram no Mediterrâneo nos últimos dias

Handout .

A agência da ONU para os refugiados (ACNUR) informou esta terça-feira que cerca de 250 pessoas estão desaparecidas após dois naufrágios no mar Mediterrâneo nos últimos dias.

O ACNUR afirmou que uma das suas agências parceiras, o Corpo Médico Internacional, relatou um naufrágio na costa da Líbia no domingo, estando ainda 163 pessoas desaparecidas.

Aquela organização norte-americana referiu que uma mulher e seis homens foram resgatados pela Guarda Costeira da Líbia.

Noutro caso, a mesma agência referiu que cerca de 82 pessoas estão desaparecidas na sequência do naufrágio, após várias horas de navegação, de um barco de borracha que transportava 132 pessoas.
Cerca de 50 sobreviventes foram resgatados e levados para Pozzallo, na Sicília.

O ACNUR referiu esta terça-feira que mais de 1.300 pessoas desapareceram e acredita-se que tenham morrido ao tentar atravessar o Mediterrâneo do norte de África para a Itália neste ano.

Lusa

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois do tribunal ter desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17
  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31