sicnot

Perfil

Mundo

Russos tentaram manipular o clima para o desfile do Dia da Vitória

Maxim Shemetov / Reuters

O programa de manipulação climática para impedir o mau tempo hoje em Moscovo, nas celebrações do Dia da Vitória para assinalar a derrota do nazismo, fracassou.

Durante o desfile de hoje, nuvens espessas impediram o sobrevoo dos aviões e helicópteros na Praça Vermelha, ato que tradicionalmente conclui a celebração do aniversário da vitória sobre o nazismo na Segunda Guerra Mundial.

O Dia da Vitória, celebrado todos a 9 de maio na Rússia, é a festa mais importante do país. Durante anos, as autoridades tentaram garantir o céu claro para o desfile deste dia, realizando manipulação climática.

Segundo a agência de notícias russa Sputnik, a técnica envolve aviões especialmente equipados que pulverizam gelo seco e outros reagentes nas nuvens longe da área onde se deseja o céu limpo.

O gelo seco cristaliza a humidade e as nuvens dispersam ou despejam a sua humidade longe, neste caso, das festividades do Dia da Vitória.

Hoje o mau tempo manteve-se em Moscovo, o que levanta dúvidas sobre a eficácia do programa russo de manipulação do clima.

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.